• Como conviver com a Cetoacidose Diabética?

    Como conviver com a Cetoacidose Diabética?

    Cetoacidose Diabética

     

    Se você é diabético, fique atento aos sintomas da cetoacidose diabética. São eles:

    • Excesso de urina;
    • Sede excessiva;
    • Fraqueza;
    • Náuseas;
    • Vômitos;
    • Taquicardia;
    • Sonolência;
    • Confusão;
    • Hálito Cetônico (parece fruta podre);
    • Dor ou sensibilidade abdominal.

     

          A Cetoacidose diabética ocorre principalmente no diabetes tipo 1, mas pode também ocorrer no tipo 2. Suas principais causas são:

    Omissão do tratamento com insulina ou remédios; Mau funcionamento da Bomba de Insulina;

    Doenças agudas: infecções (urinária, pulmonar, gripe), infarto do miocárdio, hemorragia digestiva, entre outras;

    Distúrbios endócrinos: feocromocitoma, hipertireoidismo, acromegalia;

    Desidratação: ingestão deficiente de água, diarreia, sauna; Ingestão excessiva de refrigerantes ou líquidos açucarados.

    Esta é uma emergência médica e Avise o médico responsável pelo seu tratamento!

    Fonte: SBD e  Dr. André Vianna, Endocrinologista.

    Deixe seu Comentário →

Área de Comentários Logo Abaixo

Cancel reply