• Artigo Médico – Diabetes tipo Mody

    Artigo Médico – Diabetes tipo Mody

    Diabetes tipo MODY

     

     O fator genético pode ser muito forte

    Dr. André F Reis

     

    Em quase todos os tipos de diabetes existe o fator hereditário envolvido. Por exemplo, um filho de um indivíduo com diabetes tipo 2 tem um risco de cerca de 30% maior de ter diabetes quando for adulto em relação a  alguém sem o histórico familiar. Na maioria dos casos existem inúmeros genes que em conjunto aumentam o risco de diabetes.

    Entretanto, existem alguns subtipos de diabetes onde o fator genético é muito forte, quando apenas um único gene defeituoso pode causar o diabetes. Destas formas chamadas monogênicas existe um subtipo mais comum chamado MODY.

     

    Qual as principais características de MODY ? O tratamento médico é diferente das outras formas de diabetes?

    O médico pode suspeitar de MODY quando o paciente apresenta algumas características clínicas e laboratoriais que o diferenciam das formas mais comuns de diabetes. Por exemplo, no MODY é comum o encontro de  vários indivíduos da mesma família com diabetes(3 gerações como filho, algum dos pais e algum dos avós ou avós do mesmo lado), e em geral, com diagnóstico feito abaixo dos 35 anos de idade. Alguns marcadores laboratoriais de diabetes tipo 1 como anticorpos anti-ilhotas pancreáticas são normais (negativos). Muitos dos pacientes não precisam usar insulina.

    O tratamento pode ser muito diferente das outras formas de diabetes sendo que alguns casos de  nem precisam de medicações e outros controlam bem com medicações orais.

     

    Existem muitos tipos de MODY? Como fazer o teste?

    Sim. Ao menos 13 subtipos secundários a mutações em 13 genes diferentes. As formas mais comuns são MODY2 e MODY3. Alguns centros fazem pesquisas sobre o assunto sendo  importante ter voluntários para as dosagens. Existem laboratórios que fazem o teste de forma privada. Como é um teste muito caro, a suspeita médica tem que ser muito bem feita por um especialista no assunto.

     

    Prof. Dr. André F. Reis ( C.R.M nr.75.487)

    Professor de pós-graduação da Disciplina de Endocrinologia

    da Universidade Federal de São Paulo.-UNIFESP.

    Para maiores informações você pode entrar em contato

    com o Dr. André F.Reis por este

     e-mail: afreis2005@gmail.com

     

     

     

    Deixe seu Comentário →

Área de Comentários Logo Abaixo

Cancel reply